Constelações familiares: a força de um sistema!

Conheça um pouco mais sobre essa técnica difundida por Bert Hellinger em todo o mundo!



Cada um tem um papel, uma missão


Difundidas no Brasil pelo alemão Bert Hellinger, as constelações familiares nos trazem muitos entendimentos e chaves como nós, seres humanos, vivemos, ou seja, de forma sistêmica. Nesse sentido, todos temos um lugar, um papel, uma missão a desempenhar. Quando não ocupamos o nosso lugar, a vida não tem fluidez. Mas como saber mais sobre isso?


De acordo com Hellinger, a partir das três ordens do amor: Pertencimento (pertenço a uma família, a um grupo, a um sistema), Hierarquia (quem veio antes, sabe mais e tem prioridade. Por isso, devemos honrar nossos pais e antepassados e tudo o que vem antes) e Equilíbrio de Troca (Dar e Receber). Conforme Bert Hellinger, precisamos necessariamente obedecer a essas ordens, se não a vida começa a ter emaranhados e conflitos e nos sentimentos perdidos, sem propósito, sem harmonia e sem fluidez.





Família, a nossa base


 A família, por exemplo, é o nosso primeiro núcleo, nossa referência de sistema e de pertencimento. Muitas vezes, para honrar nossos antepassados, reproduzimos comportamentos, pensamentos e sentimentos - tudo de forma inconsciente e por amor - para pertencer ao nosso sistema. É muito importante aqui ressaltar que fazemos tudo isso - inconscientemente e por amor!!! Sim, por amor!


Apesar disso, Bert Hellinger fala que, quando trazemos para a consciência algo e abrimos espaço para a cura, isso reverbera em toda a nossa linhagem para frente (os que virão) e para atrás (antepassados). O filósofo alemão e teólogo destaca que precisamos integrar no coração as energias do pai e da mãe, pois eles nos deram o maior dom, o maior presente, que é a vida!  A partir daí, temos todos os elementos para seguir na vida com fluidez, paz no coração e felicidade!


Resolvendo conflitos, emaranhados


Caso tenhamos muitos conflitos, falta de harmonia, de alegria, além de sentir angústia, depressão, falta de conexão nos relacionamentos e no trabalho, entre outras questões, a constelação familiar nos ajuda a olhar (ver/integrar)  o que precisamos curar em nosso sistema. Um grande exemplo, conforme Bert Hellinger, é sobre as doenças, que, no seu entendimento, elas estão a serviço da vida. Quando alguém adoece, na visão de Bert significa que todo o sistema daquela pessoa precisa olhar para aquele processo, acolher no coração, aceitar e integrar tudo aquilo para, enfim, dar espaço para a cura.

13 visualizações0 comentário